Aspectos importantes no processamento de carne

Gostou? compartilhe!

Aspectos importantes no processamento de carne

Hoje encontramos em todos os mercados, carnes processadas, em cubos, fatiadas, trituradas, formatadas, porcionadas ou a granel.

 

O que pouco se sabe é sobre o processo que a carne passou até chegar ao consumidor, que tem grande importância no mercado atual, pois, tão quão importante é saber que está levando uma carne saborosa para sua mesa, o consumidor atual se preocupa sobre a qualidade da criação, transporte e processamento da carne.

 

Saúde animal

Quando dizemos sobre a qualidade de criação, o consumidor está buscando saber se a carne que irá consumir passou por controle de qualidade, se foi proveniente de animais saudáveis e nutridos corretamente e hoje isto é possível graças ao sistema de rastreabilidade que os grandes produtores de carne oferecem para seus consumidores, onde qualquer um pode ter acesso via internet, pelo computador ou celular, digitando um código numérico encontrado na carne, por código de barras ou QR code.

 

Transporte

No tocante a transporte, podemos analisa-lo como parte importante no processamento de animais, pois hoje pode ser provado que o transporte correto dos animais, tanto em viagens a pé quanto feitas por caminhões boiadeiros garante maior qualidade da carne, pois evita estresse do animal, contusões e contaminações. Esta etapa do processo ganhou melhorias consideráveis nos últimos anos, quando foram adotada boas práticas no transporte, treinamento para os transportadores e preocupação com o animal até a hora de seu abate, pois os animais estressados e/ou cansados mudam o aspecto visual e na qualidade higiênico-sanitária da carne.

 

Processamento de carne

O processamento de carne chega em sua etapa principal, pois nada adiantaria todo o cuidado com o animal até o momento, se não fosse realizado o processamento da carne de forma correta e com equipamentos dentro das conformidades sanitárias, garantindo assim a qualidade visual, gustativa, nutritiva e higiênico-sanitária.

 

O processamento da carne pode ser realizada após o abate, no próprio abatedouro ou em frigoríficos que desossam, processam e embalam a carne. Essa operação requer grande atenção ao tocante de manuseio e condições do local.

 

Quando realizado no frigorifico, a carne é cortada (peças, tiras, fatias, cubos, etc.) e embalada de forma rápida, para que haja o mínimo de possibilidade de contaminação da carne, garantindo a qualidade, hoje, exigida pelo consumidor.

 

Antes, os custos operacionais para esta etapa do processo eram altos e inseguros, pois necessitavam de muita mão de obra e gastos altos com controles sanitários, pois a maior fonte de contaminação bacteriana que a carne recebe é no manuseio intenso que o humano exerce quando realiza o processamento.

 

Hoje, com equipamentos específicos para o processamento de carne, que seguem as normas sanitárias e evitam grande parte do manuseio humano, os custos e riscos diminuíram substancialmente, trazendo assim, maior segurança aos consumidores na hora de escolher sua carne embalada em mercados, açougues e lojas especializadas.

 

A Incalfer, buscando soluções no setor frigorífico, projeta equipamentos de alta qualidade e tecnologia para garantir equipamentos que suprem os produtores de carne e derivados dentro das normas vigentes do setor.

 

Disponibilizando:

 

Fatiadores de Carnes, Queijo, Bacon e Outros

Fatiador de Carne com Osso e Cristalizada (Bistequeira)

Cubetadeira de Carnes, Frios e Outros

 

 

Conheça nossa linha de equipamentos que auxiliam no processamento de carne e descubra que a Incalfer é sua Melhor Opção!

 

 

Fonte de apoio à informações:

Embrapa
https://www.embrapa.br/qualidade-da-carne


Publicado em: 28/08/2018

Gostou? compartilhe!